18 de julho de 2008

Flat


Com um conjunto de dois olhos, uma boca, orelhas e nariz, ela mostra sua face de mulher aprendiz.
Pele macia, olhos saltantes, dentes brilhantes, lábios abundantes ela se faz apaixonante.
De menina se fez mulher e com alma de criança, onde ainda leva os anseios da vida e das voltas de roda gigante o desejo por chocolates e a imagem de um por do sol no mar.

Roda Gigante é sua vida, colorida e a girar, com voltas e paradas, com troca de passageiros e um valor para se pagar.

Cadeiras de balanço que parecem de ninar, vendo uma paisagem bonita ela se deixa completar, é linda como o mar, delicada como flor, misteriosa como estrelas.
Tantos sabores que ficaram para trás, seu paladar eternizou e teve que se adaptar a uma culinária não tão diferente da de casa, seus dentes, seus olhares e tentações se unem para criar um bolo de chocolate, que logo é degustado sem esperar esfriar.

Voltas em casa demoram a chegar e é nesse momento tão especial, que a roda gigante parece acelerar, fazendo da volta mais rápida do que parecia.
Com a solidão ela chorou, deitou enxugando lágrimas, e se permitiu dormir na escuridão, vendo as luzes da cidade, esperando por mais um dia de uma ansiosa roda gigante.
Em uma dessas noites amareladas pela luz, um homem acordou sobre seus papelões, arrumou as poucas cobertas e as colocou nas costas, saiu sem rumo até que viu luzes girando sem parar, sem imaginar o que poderia ser resolveu acreditar que aquilo mudaria sua vida.

Quando chegou observou uma roda gigante, iluminada a girar, com todas as cadeiras vazia exceto uma, que possuía uma menina mulher sonhadora, largou suas mochilas hipnotizado com o colorido de cada lâmpada e desligou a roda em um botão de alerta vermelho a exclamar, na estação a cadeira balançando foi chegando devagar.
Sentou mais antes pegou suas únicas coisas, cobrindo ela com jeito para não acordar, com as mãos sujas da rua, ele acaricio seus dois olhos, sua boca, orelhas e nariz, e ali se fez homem aprendiz.

Para Mi Anbozia.



4 comentários:

Aline disse...

UAU...se superou nesse hein.
simplesmente LINDOOO!!!
adorei..*.*

beijinhooooos...
;***

Tiago disse...

Aline- Espero sempre poder me superar, e assim ser digno de seus comentários.
Obrigado por sempre estar aqui.

мαdαmeαdeℓαide. ♥ disse...

Que lindo *-*
Quando eu crescer, eu vou escrever assim! Obrigada pelo comentário, viu?
Eu sou só uma iniciante...
E parabéns, você tem muito talento pra escrever :D

Beijos

Tiago disse...

Eu é que agradeço por você repartir o seu espaço comigo e me deixar envolver nas suas histórias, que possamos a cada dia trocar mais e mais.
E Parabéns pelos textos.
Beijos