25 de maio de 2008

Ficção

Acordei cedo naquele dia, tomei café e desci as escadas cantando, fui direto a livraria, não só pelo cheiro de livros novos que faço questão que grudem nas minhas roupas, mais porque queria ver o livro “Pedido de Amor”.

A porta foi fechada devagar e eu já fui à prateleira de lançamentos procurar o tal livro, achei, lá estava ele de roupinha nova, me sentei e fui lendo a contracapa, um texto pequeno, com letras pequenas, exceto uma frase “Faça um pedido de amor ao ler este livro”.

Antes de eu terminar de ler o restante às letras miúdas, olhei para vitrine, tentando achar alguma reposta, levo ou não levo? Foi quando apareceu uma moça, linda, olhando os livros e os cartões coloridos, fechei os olhos e pedi “Se você quer ser comprado por min que esta moça entre na loja, se não te desejo mofar nesta prateleira.” Terminei ouvindo o trim trim dos sininhos que ficavam atrás da porta. Era ela.

Fui ate lá, fiquei olhando ela girar o mostruário, ela notou minha presença, timidamente ganhei um sorriso, não resisti e disse:
“Oi, comprei esse livro, pedi que o meu grande amor entrasse por essa porta e você apareceu.” Vermelha e rindo alto respondeu:
“Ai Tiago você é um bobo mesmo, esse livro é ótimo, te dou um desconto”.
Como assim desconto? De onde você me conhece?

Tudo foi rapidamente explicado, ela era a dona da loja e caixa.
Como eu sempre paguei os livros de cabeça baixa, olhando os marca textos em baixo do balcão nunca havia notado claramente sua beleza.
Da próxima vez vou ir com uma máscara. Que vergonha.

4 comentários:

disse...

hahahaha...
Ahhhhhhhh, mas pode rolar algo mais daí não pode? :)

Tiago Clezar disse...

Má- Não perca os próximos capitulos! hehe
Tudo depende dos marcadores,será?

Tai disse...

Meuuuuuuuuuuu...depois dessa nk mais voltava la...nanana.Tiago Tiago...teu jeito me encuca: sera q na rua ele eh desligado assim???heheheh..Um dia agente saberas isso..Adoreiii,,,

bjoss moçooo

Nine disse...

OI TIago!como te disse ,vou"revisar alguns atrasados"...Gostei desse tb porque vivo indo em livrarias e gostei do "tiaguiano momento"sobre o cheiro dos livros grudarem..Mas levanta mais a cabeça menino!olha qta moça bonita voce nao deve estar notando..Bjs