16 de fevereiro de 2009

A Carta

Nine é uma pessoa rara, dotada de sensibilidade e de uma paz que vence os obstáculos virtuais, ela me escreveu uma carta e é com grande carinho que eu divido ela com vocês e espero que também se sintam contagiados e me ajudem na busca do seu amor.

___

De: Nine
Para: Vox



Caro Vox
Espero que essa carta te encontre bem e feliz na sua clareira. Que todos os povos da sua floresta ,e de todas as florestas estejam contentes.
Te escrevo porque preciso de um favor. Você é muito jovem , mas sua voz é sensível,clara e límpida.Então creio que poderá me ajudar.
Você por acaso não achou um amor perdido ai na sua floresta?Sabe Vox, eu já escrevi para Guilhermina da esquinadodesacato, mas preciso procurá-lo em todos os lugares. Como ele é um romântico a lá Rousseau,talvez tenha abandonado as cidades e ido habitar as florestas como Thoreau.
Vou descrevê-lo para você. Ele é alto,isso tenho certeza.Ele pode ser louro ou moreno,nunca sei dizer...Ele gosta de animais,flores ,crianças,dias de sol,mas também tem um lado soturno.Quando esta com esses humores sombrios gosta de chuva ,do frio ,de ficar em casa,de não ver ninguém.Só a mim ,claro!Fica calado por horas, mas abraçado comigo. Quando passa a tempestade me fala.
Estamos sem nos vermos ha mais de 400 noites. Tem sido uma aflição,um sofrimento...
Sabe Vox, não somos mais jovens como você, nossa data de validade esta acabando, por isso precisamos nos encontrar logo.
Se ele estiver na sua floresta você o reconhecera logo!Ele é o mais bonito, mais doce, mais sensível e ao mesmo tempo transpira virilidade pelos poros. Seus braços são fortes e são sempre minha melhor roupa,a preferida.A risada dele minha melhor musica,seu choro minha grande dor.Seu peito ,seu abraço, minha paz e conforto;seus beijos ...um êxtase.Ele é atento aos meus desejos e eu aos dele ,nos completamos.
Ele ficara inconsolável com a minha morte. Ira sempre ao lugar que escolheu para colocar minhas cinzas e plantara flores para que meu quarto final fique bonito.Ele sempre vertera algumas lagrimas lá ,mas também sorrira e Dara mesmo gargalhadas contando sua vida para mim.Mas sempre lamentara sua sorte de não me ter mais ao lado.
Ele é fiel e constante, nunca me abandonara. Será meu apoio na velhice ,assim como eu na ele.Vou acariciar as marcas do tempo no seu rosto,despentear seus cabelos já ficando grisalhos e ele vai sorrir quando eu o fizer.E cada vez que ele sorri é como uma iluminação para mim.
Nos dois podemos nos amar assim, Vox, mesmo que os cínicos acreditem que na nossa idade não podemos. E só podemos, porque somos da mesma espécie em extinção.Gente sensível que vive no meio de insensíveis,por isso nos reconhecemos logo .Como os peixes larvas de que te falei do Julio Cortazar.Os Axolotls.Só que no nosso caso ,somos os dois que temos a nossa consciência de seres humanos,que conservamos a nossa lucidez e a nossa insanidade.
Por isso preciso encontrá-lo urgente. Ele e eu estamos muito solitários em lugares diferentes.Precisamos ficar juntos.
Tenho certeza que ele se senta no escuro, talvez com um cigarro nos dedos e ou uma bebida nas mãos e se pergunta: quando e onde ele me encontrara!
Querido Vox, se você o encontrar te agradeço antecipadamente, mande me avisar.

Afetuosamente, lembranças a todos beijos.

Nine Azevedo





2 comentários:

Dominique disse...

Hey de encontrar!

Adinha disse...

Que lindo...e espero que sinceramente o final feliz chegue logo... O importante é amar e transmitir de alguma forma esse sentimento...

Saudade de vir aqui rapaz!!