1 de junho de 2008

El Arbi

Foi como ver uma paisagem diferente, os olhos dela espremiam uma beleza que eu jamais havia pensado em encontrar, no piscar dos olhos a minha vida passava em câmera lenta, sorridente e com cabelos jogados ao vento ela me olhou, naquele momento eu tive certeza que ela completaria uma parte muito especial da minha vida.

Não me enganei, todos os dias eu acordava imaginando seu sorriso, o sol parecia querer imitá-la jogando raios cada vez mais cheios de luz e energia em cada centímetro de terra que eu poderia enxergar, mas minha sabedoria sabia que os meus olhos não estavam vendo a maior distância que eu deveria enfrentar.

Estava frio naquele dia, com um vento úmido típico de praia, o sol tímido atrás das nuvens parecia como ela atrás de algumas almofadas, era como uma gatinha rindo e pedindo um carinho pra se esquentar, o mar se encarregou de dar um som perfeito aquela cena.

Ela foi sem me dar tchau, mais senti que uma parte de min foi junto com ela pela estrada de pedras encaixadas, mais qual seria o nome dela?

Deveria ser algum nome árabe, algo como El Arbi cantava invocando ser o filho da floresta, guiado pela emoção da sua mãe natureza, foi como a natureza se sentiu ao ver nós dois se encontrar, esbanjou beleza no final daquela dia.

O mar aplaudiu de pé levantando ondas mais altas que as dunas, o sol saiu de trás das nuvens e o vento soprou fazendo as árvores dançarem, a festa se estendeu até a lua se mostrar presente no cenário, e tudo só foi se acalmar quando a lua foi se despedindo sem me abanar.

Dedicado a apaixonante Gabi.

9 comentários:

disse...

Puxa!
Que maravilha!
;)

Tai disse...

El arbi????????????/

Nine disse...

OI Ti vamos ver se agora vai!O texto é lindo,acho que voce mente a idade...é muita poesia para tao curtinha vida!bjs

Tiago Clezar disse...

Má-
Que bom que gostou Má,gostei das suas ações também com os animais!
Beijos

Tai-
Não entendeu ainda Tai?
Fica para uma próxima a revelação! :-) Como eu sou mal, né? rsrs..

Nine-
Que maravilha!
Agora vou escrever com mais empolgação, espero que isso se torne um hábito por aqui.
Quanto à idade, pssiiiuuu, deixa pra lá meus oitenta e alguma coisa! :-)
Beijão

Simone Iwasso disse...

tiago, a primeira frase é linda. o outro ser uma paisagem diferente para nós. é tudo o que alguém pode querer. o segundo passo é poder estar nessa paisagem...

um beijo!

napipoca disse...

Que textos bonitos :)
Parabéns!
Voltarei mais vezes ;)
beijos e um ótimo fim de semana!

Tiago disse...

Simone-
Seu comentário é mais bonito que a frase!
É exatamente esse o espírito da coisa!
Adoro seus comentários, sente-se vamos conversar mais um pouco.
Aceita um cafezinho?

Napipoca-
Obrigado!
Parece que a sua qualidade é em dose dupla então? hehe
Vou visitar esse e suas colagens!
Volte sempre!
Beijos

Carol Costa disse...

Loves in the air! Urrú!

Tiago disse...

---RESPOSTAS---

-Carol
hahahahaha. Será?
Não perca os próximos capítulos!
Guindejos